O que é Assédio Moral Imprimir E-mail

É uma situação em que o chefe ou um grupo de chefes aliados a outros empregados exercem uma violência psicológica extrema, de forma sistemática e freqüente (em média uma vez por semana) e durante um tempo prolongado (em torno de uns 6 meses) sobre outro empregado/trabalhador, a respeito da qual mantém uma relação de poder no local de trabalho, com o objetivo de destruir  os contatos no ambiente de trabalho (isolando-o), destruir sua reputação, perturbar o exercício de seus trabalhos e conseguir, finalmente, que o trabalhador chegue a ponto de pensar em pedir demissão do emprego”.

 
São  vários os comportamentos que se encaixam  nessa situação, verdadeiras “técnicas” destinadas a desestabilizar a vítima.
Vamos citar apenas algumas:
1) “TÉCNICAS DE RELACIONAMENTO” - O chefe ou grupo de outros trabalhadordes não dirigem o olhar nem a palavra ao empregado assediado, sequer para um bom dia; comunica-se com o empregado por bilhetes, impedindo-o de se expressar;  é interrompido freqüentemente pelo superior hierárquico ou pelos colegas, muitas vezes com gritos e recriminações; não a encaram, ignoram sua presença, dirigindo-se, exclusivamente, a outros. É comum também aproveitarem uma saída rápida da vítima para deixarem uma tarefa em sua mesa, sem solicitar-lhe pessoalmente a execução do trabalho
2) São adotadas, ainda, “TÉCNICAS DE ISOLAMENTO”, ou seja, são atribuídas ao empregado funções que o isolam ou o deixem sem qualquer atividade, exatamente para evitar que mantenha contato com colegas de trabalho e lhes obtenha a solidariedade como manifestação de apoio.
3) Existem as chamadas “TÉCNICAS DE ATAQUE”, que se traduzem por atos que visam a desacreditar e/ou a desqualificar a vítima diante dos colegas ou clientes da empresa. Não é raro  a chefia  determinar tarefas de grande complexidade para serem executadas em pequeno epaço de tempo, com o fim de demonstrar a sua incompetência ou exigir-lhe tarefas absolutamente incompatíveis com a sua qualificação funcional e fora das atribuições de seu cargo/função.
4) Há também as “TÉCNICAS PUNITIVAS”, que colocam o empregado sob pressão, como, por exemplo, por um simples erro cometido elabora-se um relatório contra ele, ou aplicando advetências verbais e por escrito.
Há ainda outras formas de assédio moral, cuja agressão, em geral, é dissimulada e não se permite o revide; manifestam-se por suspiros seguidos, pelo erguer de ombros, olhares de desprezo, críticas indiretas, subentendidos malévolos, zombarias, murmúrios, rumores sobre a vítima, ironias, sarcasmo e outros toques desestabilizadores, geralmente em público. Usam-se, ainda, discriminação, calúnias, difamações, injúrias, mentiras, boatos sobre preferências, favores sexuais e outros.
 

Curta nossa Fan Page

Nosso Endereço


Newsflash

Todo empregado tem direito a receber a antecipação salarial até dois dias antes do efetivo gozo das férias. Portanto, uma vez gozadas as férias, sem a antecipação salarial respectiva, prevista no artigo 145 da CLT, o empregador deverá pagá-las, em dobro, mesmo que esta tenha sido quitada com pequeno atraso.................    leia mais!

Responsabilidade Social
seloabrinq.jpg selomariaclaro.jpg logorotary.jpg